Suspeito de participar de morte de policiais morre em confronto em Pernambuco

Foto: Blog do Sigi Vilares
Acorda Cidade
Um dos envolvidos na morte de dois policiais militares em Bom Jesus da Lapa, no Vale do São Francisco, após uma tentativa de roubo a banco no último dia 23, morreu em confronto com policiais militares da Bahia e de Pernambuco na manhã deste sábado (28). Édson Carlos Clementino dos Santos, 37 anos, estava escondido na cidade de Cabrobó (PE).
Foto: Divulgação
De acordo com informações da Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), policiais militares do Batalhão de Operações Especiais (Bope), Grupamento Aéreo da PM (Graer), Companhia Independente de Policiamento Especializado Caatinga, além de forças de segurança de Pernambuco, faziam incursões em Cabrobó, próximo à divisa com a Bahia, quando localizaram Édson.
Após ser abordado, ele atirou contra as guarnições das polícias baiana e pernambucana. Segundo o Correio, na troca de tiros, Édson foi baleado e morreu.  Outros dois homens que estavam com ele no momento da abordagem também ficaram feridos e morreram na ação. No entanto, segundo a SSP-BA, ainda não há indícios de que os dois tenham participado da morte dos policiais Everton Oliveira, 26, e Gilberto Lemos Silva Junior, em Bom Jesus da Lapa.
"As investigações continuam e só iremos parar quando identificarmos todos os envolvidos e desarticularmos esta organização criminosa", declarou o secretário da Segurança Pública da Bahia, Maurício Teles Barbosa.
Édson Carlos Clementino dos Santos é o terceiro suspeito de participação no crime morto em confronto com a polícia. O primeiro foi Marcelo Alves de França, 38 anos, que morreu no mesmo dia da tentativa de roubo em Bom Jesus da Lapa. Na ocasião, ele estava com um documento falso em nome de Tiago da Silva. Marcelo é natural de Cabrobó (PE), mesmo lugar onde Édson Carlos estava escondido.
O segundo foi Vangervaldo dos Santos Correia, conhecido como Ponto 50, que morreu nesta sexta-feira (27), também em confronto com a polícia. Ele era considerado um dos maiores assaltantes de banco e de carro-forte do país.
Informações sobre o bando podem ser repassadas através dos telefones 181 (Disque Denúncia da SSP para o interior) e 190.

Postagens mais visitadas deste blog

Serrolândia: Homem é assassinado na porta de casa no povoado de Maracujá

Serrolândia: Mulher morre envenenada