quarta-feira, 8 de fevereiro de 2017

Governo aumenta apoio a canoagem na Bahia com projetos de iniciação esportiva

Celeiros de grandes campeões, como os medalhistas olímpicos Isaquias Queiroz e Erlon de Souza, os municípios de Ubaitaba e Ubatã, além de Itacaré e Salvador, irão ganhar importante reforço para a prática da canoagem. Neste ano de 2017, a Superintendência dos Desportos do Estado da Bahia (Sudesb), autarquia da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte, irá executar, nesses locais, projetos de iniciação esportiva que priorizam a modalidade. À exceção de Ubatã, onde ação similar foi realizada em 2010 pela autarquia do esporte, as demais localidades estão recebendo o benefício dos projetos pela primeira vez


O assunto foi pauta de reunião realizada esta semana em Salvador, na sede da Sudesb, com a participação das atletas e treinadoras Camila Lima e Luciana Costa, ambas dirigentes da Associação Cacaueira de Canoagem (ACC), com sede em Ubaitaba; da bicampeã mundial de paracanoagem Marta Ferreira (Martinha), representando a Associação de Canoagem de Itacaré (ACI), e do diretor geral da Sudesb, Elias Dourado, acompanhado do chefe da Assessoria Técnica do órgão, Álvaro Gonçalves. Também estiveram na reunião a prefeita recém-empossada de Ubaitaba, Sueli Carneiro Carvalho, e os deputados Davidson Magalhães (federal) e Raimundo Nonato Tavares Bobô (estadual).
Com previsão de iniciar a execução ainda neste primeiro semestre, os projetos serão desenvolvidos durante 12 meses, com possibilidade de renovação por igual período. O recurso a ser disponibilizado pela Sudesb – o valor ainda está por ser definido – será utilizado na contratação de professores e auxiliares, além da aquisição de equipamentos, medalhas e uniformes para os alunos atletas. Uma outra conquista importante anunciada pelo diretor Elias Dourado foi a doação, a partir de intermediação feita pela Sudesb, de 52 barcos feita pela Confederação Brasileira de Canoagem – cada núcleo receberá 13 barcos para a prática esportiva.
Mais apoio – Já anunciado pelo governador Rui Costa, esse quatro municípios também irão ganhar centros olímpicos de canoagem. “Na semana passada, técnicos da Sudesb, da Secretaria Estadual de Administração (Saeb) e das prefeituras do interior fizeram a primeira vistoria nos locais onde será construído cada centro de canoagem. Na capital, o local em análise é o Parque de Pituaçu, aproveitando o espelho d’água da lagoa ali existente”, informa Elias Dourado.
Neste momento, segundo relata o gestor, a Superintendência de Patrimônio (Supat), ligada à Saeb, desenvolve os projetos arquitetônicos para, em seguida, dar início à preparação dos projetos básicos que servirão para licitar a obra dos centros.
Os atletas de canoagem contam ainda com o apoio da Sudesb na liberação de passagens aéreas nacionais e internacionais, além de terrestres, possibilitando a participação deles em provas nacionais e em cursos de aperfeiçoamento técnico

Mulher mata marido a facadas e a marretadas no Junco distrito de Jacobina

Por volta das 7:00hs desta quinta-feira, 24, Tiago Ferreira de Araújo, 51 anos, foi assassinado na Rua Herculano Genuário no Junco, distri...