terça-feira, 7 de fevereiro de 2017

Vestido de Homem-Aranha, brasileiro chama atenção na Muralha da China

Apaixonado por heróis desde a infância, Edcarlos criou a fantasia com base em um projeto da internet. (Foto: Arquivo Pessoal) Edcarlos criou a fantasia com base em um projeto que viu na web (Foto: Edcarlos Duarte/Arquivo Pessoal)






















Moradores da cidade de Beijing, na China, durante as comemorações do Ano Novo Chinês. Apaixonado desde pequeno por super-heróis, Edcarlos Duarte aproveitou sua estadia no oriente para visitar a Grande Muralha vestido de Homem-Aranha. As fotos foram tiradas no fim de janeiro.
Em entrevista ao G1 Edcarlos, que é natural de Votorantim (SP), explica que a ideia surgiu enquanto aproveitava um dia de folga entre amigos. "Eu fui mesmo com a intenção de usar a roupa. Estávamos prestes a pegar o ônibus para a Muralha quando pensei: 'Já que vou conhecer esse monumento histórico, por que não?'", diz o jovem que trabalha há 10 meses em um parque de diversões. 
O brasileiro conta ainda que as fotos foram tiradas durante as comemorações dos chineses entre dragões orientais e decorações típicas, que chamam a atenção dos turistas. No entanto, o mais difícil foi enfrentar o frio do local.A fantasia - que chama a atenção pela riqueza de detalhes - foi produzida no Brasil com base em um projeto visto pelo dançarino na internet. "Comprei o desenho do figurino por U$ 50. O arquivo vem em alta resolução já no formato da roupa aberta sem costuras. Depois levei a uma estamparia que faz esse trabalho de impressão em tecido (sublimação). O mais difícil foi a configuração para deixar a estampa com as minhas medidas. Uma colega, que é figurinista de escolas de samba, ajudou com os detalhes finais", ressalta.  
  •  
"Homem-Aranha Brasileiro" não esperava que brincadeira fizesse sucesso (Foto: Arquivo Pessoal)'Homem-Aranha' não esperava que brincadeira fizesse sucesso (Foto: Edcarlos Duarte/Arquivo Pessoal)












"Subi as escadarias com a roupa escondida na mochila, mas o problema é que o tecido é muito colado e para vesti-la é preciso ficar pelado. O local estava cheio de turistas e não tinha onde me trocar. Foi quando pensei: 'Vai ser aqui mesmo'. Abri a mochila e já tirei a camisa, fiquei só de cueca enquanto os turistas diziam: 'O que esse cara está fazendo'? ", relembra. 
O estranhamento dos turistas cessou somente quando viram a máscara e entenderam que era uma brincadeira. Segundo o "Homem-Aranha Brasileiro", apesar do sucesso em Hollywood, super-heróis não são comuns na cultura chinesa e, em poucos minutos, ficou rodeado por curiosos em busca de fotos. 
Sempre que eu tentava descer, alguém gritava: 'Quem é esse Homem-Aranha?' Aqui eles não têm essa tradição de heróis americanos, então a ideia de um personagem desses em um ponto tão tradicional causou sucesso. Muitos perguntavam se eu cobrava pelas fotos"
Edcarlos Duarte, dançarino
"Fiquei uns 40 minutos em cima das cabines e não conseguia descer de tanta gente ao redor. Sempre que eu tentava descer, alguém gritava: 'Quem é esse Homem-Aranha?' Aqui eles não têm essa tradição de heróis americanos, então a ideia de um personagem desses em um ponto tão tradicional causou sucesso. Muitos perguntavam se eu cobrava pelas fotos." 
Brincadeira saudável
Quando questionado se esperava toda essa repercussão, Edcarlos diz que foi uma experiência muito divertida. "Eu não esperava, queria apenas tirar a foto como um momento registrado apenas para mim, mas o pessoal curtiu. Os chineses que trabalham comigo falam que sou maluco e que nunca viram ninguém fazer isso".
Ele também não acredita que a brincadeira tenha desrespeitado o monumento - considerado um marco da antiga civilização. "Para mim foi apenas uma brincadeira saudável. Seria diferente se eu tivesse feito em um templo de Buda, por exemplo. Lá seria um abuso, um problema sério". 
O contrato de Edcarlos termina em abril, quando voltará ao Brasil. E ele já tem planos para uma nova façanha: "Minha próxima aventura será na Disney. Quero tirar uma foto com o "Homem-Aranha de lá". 
Edcarlos subiu na muralha com fantasia escondida em mochila (Foto: Arquivo Pessoal)Edcarlos subiu na muralha com fantasia escondida em mochila (Foto: Edcarlos Duarte/Arquivo Pessoal)
  •  
Fantasia virou sensação entre turistas (Foto: Arquivo Pessoal)Fantasia virou sensação entre turistas (Foto: Edcarlos Duarte/Arquivo Pessoal)

Mulher mata marido a facadas e a marretadas no Junco distrito de Jacobina

Por volta das 7:00hs desta quinta-feira, 24, Tiago Ferreira de Araújo, 51 anos, foi assassinado na Rua Herculano Genuário no Junco, distri...